Monday, January 22, 2018
EDUARDO MATARAZZO SUPLICY

Apelo a Deus contra a violência na Cracolândia

Janeiro 13, 2018

FOTO: REPRODUÇÃO/GLOBONEWS

Um relato impressionante e preocupante  sobre a atuação das forças de segurança na Cracolândia, no centro de São Paulo. Assim pode ser descrito o relatório/depoimento de Alderon Costa, ouvidor-geral da Defensoria Pública de São Paulo, sobre os confrontos ocorridos na última semana entre usuários de drogas, policiais militares e guardas civis metropolitanos.

São fartos os relatos de truculência e violência cometidos durante ações de dispersão e “limpeza” na área da rua Helvétia, alameda Dino Bueno e Alameda Cleveland.

“Meu deus do céu!!! Essa foi a frase que mais se ouviu na região da Luz, centro de São Paulo, próximo das ruas Dino Bueno e Helvetia. Palco de grandes conflitos entre pessoas em situação de vulnerabilidade e forças policiais. Já não existem só dois lados, para além dos usuários e da polícia, tem os moradores/as, comerciantes e os/as trabalhadores/as. Todos vem sofrendo com as bombas, sprey de pimenta, balas de borrachas, cassetetes, cachorros e com violências das pessoas que são da segurança, os policiais e guardas. Para completar, aqueles que querem uma mudança, desejam um projeto de reconstrução das relações, lutam por uma cidade mais igualitária, humana e justa, também sofrem com a violência física e psíquica.”

Clique abaixo e leia o depoimento completo de Alderon Costa:

180111 Meu deus do céu

 

Por favor Subscreva e dê um Gosto:

Intagram

Partilhar

Facebook