Thursday, December 14, 2017
EDUARDO MATARAZZO SUPLICY

Feira da Madrugada: trabalhadores são ouvidos

novembro 14, 2017

FOTO: LUIZ FRANÇA/CMSP

A CPI da Feira da Madrugada ouviu nesta terça-feira (14/11) o presidente da Associação do Micro e Pequeno Empreendedor (Acimpe), Neilson Paulo dos Santos, que representa 2 mil trabalhadores que não conseguiram os TPUs (Termos de Permissão de Uso) para ocuparem as lojas no futuro shopping que será construído no espaço onde hoje existe a Feira da Madrugada, na região do Brás. O vereador Eduardo Suplicy é integrante da comissão.

Santos contou quais são as principais reivindicações da Associação ao Consórcio Circuito de Compras S.A., que venceu a licitação para construir o shopping. Ele garante que os 2 mil comerciantes que ele defende estavam na Feira antes da licitação.

“Nós estamos pedindo na justiça 720 moradias, uma creche, uma UBS (Unidade Básica de Saúde) e defendemos 2 mil comerciantes. Eles estavam lá desde 2010 e têm o direito de ficar.”

A CPI da Feira da Madrugada também ouviu o advogado João Ferreira Nascimento, que foi intimado a depor. Ele representa um número indeterminado de permissionários da Feira da Madrugada. Ele não quis revelar quantos representa, alegando sigilo profissional.

 

*Com informações do Portal da Câmara

Por favor Subscreva e dê um Gosto:

Intagram

Partilhar

Facebook